Procurando um emprego que não é bem seu perfil

O grande desafio de todos os recrutadores é buscar o profissional qualificado para a vaga em questão. Em contrapartida, para os que estão buscando emprego é achar a vaga em que seu currículo possa competir para ganhar. Se analisarmos friamente, nenhum CV cobre todas as exigências da vaga, o que os recrutadores fazem é separar os perfis mais aproximados e em seguida os “aceitáveis”. Alguns fatores como, experiência, formação acadêmica, língua estrangeira, podem ser determinantes, dependendo da oportunidade, mas nem tanto para prestação de serviços, entre outros, onde os profissionais de RH poderão ser mais flexíveis e abrangentes para preencher a vaga. Diante disso, vem a seguinte questão: vale a pena candidatar-se para vagas que não são do nosso perfil? Em minha opinião vale sim! É grande o número de empresas que hoje estão abertas a profissionais que não tem exatamente a experiência no ramo de atividade da organização, no entanto é preciso levar em consideração que se ao candidatar-se, sua experiência e vivência vão somar junto a empresa contratante e que para você adaptar-se ao novo cargo / função vai demandar pouco treinamento, o resto é com você: conseguir realmente convencer os selecionadores do porque que a vaga tem que ser sua…